Contactos | PT | EN 

Doutoramento em Relações Interculturais

Doutoramento em Relações Interculturais
Departamento de Ciências Sociais e de Gestão

» Plano de Estudos

Grau: Doutoramento

Guia de Curso 2014-2015
Guia de Curso 2015-2016
Despacho de Abertura
Cartaz

Condições de Acesso:

a.Titulares do grau de mestre ou equivalente legal, em qualquer área do saber;
b.Titulares de grau de licenciado, ou equivalente legal, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico;
c.Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que tenha sido reconhecido, pelo Conselho Científico, como satisfazendo as capacidades necessárias para realização deste ciclo de estudos.

Língua de Ensino: Português.

Regime de Ensino: O curso de doutoramento em Relações Interculturais funcionará em regime de EaD online, com utilização da plataforma de e-learning, aplicando o modelo pedagógico virtual adotado na Universidade Aberta. O regime de ensino inclui, igualmente, uma componente presencial a ser calendarizada no início do ano letivo.

Objetivos / Saídas Profissionais:

O doutoramento em Relações Interculturais tem como objetivos:
1. A formação pós-graduada de nível avançado, em regime de EaD, privilegiando uma abordagem teórico-metodológica interdisciplinar no domínio das relações interculturais. Os estudos interculturais são uma área caracterizada pela diversidade e pelo cruzamento de perspetivas de análise, o que permite adquirir e desenvolver novos conhecimentos teóricos, metodológicos e técnicos, num quadro que combina, em simultâneo, a interdisciplinaridade e a especialização;
2. Formar profissionais no espaço lusófono e no âmbito das comunidades portuguesas na diáspora, promovendo o intercâmbio de práticas e de conhecimentos, bem como a produção científica, em parceria, no domínio da interculturalidade;
3. Potenciar a participação de equipas docentes e de redes internacionais, de mérito reconhecido, na formação e na investigação dos estudos interculturais comparados.
Saídas Profissionais:
Os/As doutorados/as em Relações Interculturais encontram-se habilitados/as para o exercício de funções  especializadas no âmbito da Administração pública central e local: Ministérios, Regiões e Autarquias; Centros de Formação, Associações, Fundações, ONGs, Organizações profissionais ou sindicais; instituições de ensino superior e unidades de investigação e desenvolvimento nacionais e internacionais.

Acesso a um Nível de Estudos Superior: Programas de pós-doutoramento e outros cursos de formação pós-graduada avançada.

Coordenação do Curso:
Ana Paula Beja Horta (Coordenadora)
José Fontes (Vice-Coordenador)

Estrutura Curricular e Créditos:

O Doutoramento em Relações Interculturais é um ciclo de estudos conducente ao grau de doutor e equivale a 180 ECTS.
A estrutura curricular integra duas partes:
a) a primeira parte, de natureza curricular, com a creditação de 60 ECTS,
b) a segunda parte é dedicada à investigação e elaboração de uma tese de natureza científica, original e especialmente realizada para este fim, a que corresponde 120 ECTS.
A primeira parte do doutoramento desenvolve-se durante 2 semestres sequenciais em regime de ensino a distância, online com a possibilidade de integrar sessões presenciais. Cada semestre é composto por três unidades curriculares, o que totaliza seis unidades curriculares.
A conclusão com aproveitamento do 1º ano do Curso é condição necessária para a inscrição da tese de doutoramento.